terça-feira, dezembro 7, 2021
Home > Artigos > Eu tenho direito ao PIS/Pasep?

Eu tenho direito ao PIS/Pasep?

A RFB esclarece pagamentos efetuados por pessoa jurídica de direito privado

Está querendo saber se tem direito ao PIS esse ano? A primeira coisa que precisamos lembrar quando falamos de PIS e do PASEP é que eles não são a mesma coisa, em geral temos a impressão de que eles se tratam do mesmo benefício, quando na realidade eles são distintos.

O PIS (Programa de Integração Social) foi feito para os trabalhadores do setor privado pela Lei Complementar n° 7/1970 e é os pagamentos são de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

Já o benefício PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é destinado aos servidores públicos. No PASEP o banco responsável pelos pagamentos é o Banco do Brasil.

 

Quem tem direito ao PIS 2017

Para um trabalhador brasileiro ter direito a receber o PIS ele precisa estar de acordo com algumas regras:

  • Ter a carteira assinada por pelo menos cinco anos;
  • Receber um salário igual ou menor a de dois salários mínimos;
  • Ter trabalhado com a carteira assinada obrigatoriamente no mínimo 30 dias (consecutivos ou não) no ano base que está sendo pago;
  • Possuir os seus dados devidamente atualizados com a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

 

Como sacar o PIS 2017?

Simples, para aqueles trabalhadores que tem direito ao PIS basta ficar atento ao calendário que é disponibilizado anualmente pela Caixa Econômica Federal e quando estiver no seu mês de recebimento ir até qualquer agência, caixa eletrônico, Lotérica ou Correspondente Caixa Aqui com o Cartão do Cidadão para sacar.

O depósito ocorre automaticamente para os trabalhadores que já possuem uma conta na caixa e o pagamento também pode ser feito em qualquer agência desde que o trabalhador tenha o número do PIS e um documento de identificação.

Agora que já sabe mais alguma coisa sobre o PIS/Pasep, corra atrás dos seus diretos e não deixe de receber o seu abono salarial.

Fonte: Jornal Contábil

Deixe um comentário