sexta-feira, abril 3, 2020
Home > Artigos > 4 dicas para escolher um sistema de contabilidade

4 dicas para escolher um sistema de contabilidade

Escolher um sistema de contabilidade pode se tornar uma tarefa difícil para muitos profissionais da contabilidade. Um bom sistema pode ser diferencial que sua empresa está buscando. Sem contar que o uso de informações integradas e em tempo real se tornaram um processo de fiscalização para a Receita.

Para te ajudar nessa tarefa, escolhemos algumas dicas para você acertar na hora da escolha! Assim você escolhe o sistema mais adequado à sua empresa ou escritório contábil otimizando e melhorando muitos aspectos da rotina empresarial ou contábil. Que tal?

 

Agilidade

A agilidade nos processos contábeis são parâmetros que fazem toda a diferença na hora de buscar um sistema de contabilidade. É preciso buscar soluções inteligentes, que sejam de uso intuitivo e que, no caso de alguma dúvida, possam contar com suporte disponível de acordo com as suas necessidades e horários.

 

Segurança dos dados

A contabilidade é uma parte bastante sensível de uma empresa, já que trata de informações financeiras e patrimoniais. Assim, na hora de escolher um sistema de contabilidade, procure aqueles que tenham bancos de dados com segurança reforçada, para evitar problemas com perda de informações ou acesso indevido das mesmas.

 

Integração

A integração entre os diferentes módulos do sistema que será escolhido é essencial Boa parte das obrigações tributárias utiliza informações de mais de um departamento ao mesmo tempo. Isso permite ainda ganho de tempo e qualidade na informação, além de evitar esquecimentos e perdas de dados que devem passar por mais de um departamento. Outra necessidade é a integração para envio automático de obrigações como o SPED, SPED Fiscal, SEFIP e DIRF, entre outros que fazem parte do calendário de obrigações acessórias das empresas.

 

Automatização

As soluções contábeis, atualmente, precisam ser automatizadas. Você deve optar por um sistema que possibilite que as tabelas legais sejam carregadas automaticamente — evitando, além de perda de tempo, possíveis erros de digitação.

Além disso, é preciso escolher um sistema que permita tanto o agendamento quanto a realização automática de atualizações, fazendo com que elas sejam executadas quando for mais conveniente para você e sua empresa.

contabilidade

Deixe uma resposta